Escritos Políticos-Volume 1, de Antonio Gramsci ( 4 )

Gramsci, em determindado momento de seu artigo ” partido de governo e classe de governo”, faz apologia da fome aos não-operários. Gramsci escreve: ” Se existe uma disponibilidade média de apenas 200 gramas de pão por dia para cada cidadão, é necessário que exista um governo que assegure 300 gramas para os operários e obrigue os não-produtores a se contentarem com 100 gramas ou mesmo menos(!), ou mesmo nada(!) se não trabalham, se não produzem”. Eis a maravilha que é o governo operário de Gramsci. É notável essa mentalidade de matar de fome os camponeses,  inválidos e os que vivem de renda que Gramsci e seus companheiros de ideologia proclamam. Daí podemos entender as fomes na Rússia, China, Camboja e outros lugares governados por comunistas. O governo operário é místico. Sim, porque acredita na mística da produção industrial de determinados produtos, enquanto os camponeses morrem de fome com requisições de alimentos fora da realidade para sustentar a produção das cidades. É ridículo, se não fosse diabólico, ter que ler essas coisas de um teórico do socialismo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: