A Reforma Protestante e a Metafísica dos Acidentes

Lutero

 

Retirado do livro Os princípios da Filosofia de São Tomás de Aquino, do padre Édouard Hugon ( Edipucrs-1998)

” Quanto aos teólogos da Reforma, é sabido como eles tinham horror à metafísica dos acidentes, que Lutero chama de “filosofia da Babilônia”, aquela que admite uma quantidade distinta da substância. Ecolampádio faz eco a Lutero. Os inovadores negam comumente que a justificação requer uma qualidade acidental criada e ela não é, segundo eles, senão uma ficção legal, no sentido de que Deus não mais nos imputa os pecados passados; ou então ela é a confiança subjetiva que nos faz crer que Deus nos perdoou.

Em nossos dias, muitos protestantes admitem uma nova e intrínseca renovação da alma, mas sem chegarem até à ideia de uma perfeição acidental infusa na alma para regenerar, elevar e a transformar.

Todos esses erros foram condenados pelo concílio de Trento. É de fé que a justificação não se pode refazer sem a infusão da graça e da caridade inerentes em nós. Já constatamos que a graça inerente do concílio de Trento, como a graça informante do concílio Vienense, designam realidades acidentais. Ao rejeitar com todo o desprezo a filosofia dos acidentes, a Reforma é condenada a destruir todo o edifício do sobrenatural, ou a reduzí-lo a um nominalismo falaz.”

Comentário: É bem conhecido o horror que a filosofia de Aristóteles provocava nos Renascentistas, especialmente em Lutero e nos pseudo-reformadores. Os italianos se apegaram mais à magia e à filosofia gnóstica de Platão e seus seguidores. Lutero desconhecia São Tomás ( no entanto conhecia muito bem a filosofia de Guilherme de Ockham), e como notou Weber, não se arriscou muito a escrever sobre metafísica. Toda a doutrina dos acidentes herdadas de Aristóteles, e aplicadas por São Tomás à sua metafísica, foi desprezada pelos protestantes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: