Resenha de Ciência, Política e Gnosticismo ( Science, Politics and Gnosticism), de Eric Voegelin

images

 

Livro fundamental para se compreender a Gnose
Voegelin identifica a presença do pensamento gnóstico em movimentos modernos como o nazismo, comunismo, progressismo , positivismo e em pensadores como Hegel e Marx. A tese de doutorado de Marx contém um elemento de revolta segundo Voegelin. Marx teria citado a frase de Prometeu ” em algumas palavras, eu odeio todos os deuses” fora de contexto, pois o sentido que Ésquilo deu a essas palavras indicavam que quem disse essa frase estaria com a mente doente.Na sequência de Prometeu Acorrentado, Mércúrio diz:” Tens a razão conturbada, bem se vê; o mal é violento…” E mais adiante Mercúrio é profético: “Como serias insuportável se dominasses um dia!…”
O autor não poupa Marx e Nietzsche, a quem chama de gnósticos especulativos. Para os gnósticos, o problema do mal não deve ser buscado na questão moral ou na existência do pecado original; para o gnóstico religioso o problema do mal é uma questão metafísica( criação do deus do mal e a prisão do corpo); para o gnóstico político é a falta de saúde, educação, etc. Ou seja, com ações políticas o ser humano poderia ser aperfeiçoado. Nenhum deles atribui o mal ao fato do ser humano ser inadequado.

Para se aprofundar no tema da gnose, recomendo “The Gnostic Religion” de Hans Jonas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: