Resenha de O Conceito de Angústia ,de Kierkegaard

Kierkegaard

 

A atmosfera da psicologia é a angústia
A inocência é ignorância, e a ignorância é a angústia. Para Kierkegaard, sem o pecado não há sexualidade, e sem sexualidade, nenhuma história. Com a queda, o pecado entrou no mundo, e ficou estabelecido o sexual.

Para ele, depois que o Cristianismo surgiu no mundo e foi posta a redenção, projetou-se sobre a sensualidade a luz de uma contradição que não ocorria no paganismo, e que reforça a ideia de que a sensualidade é pecaminosa e a angústia é o estado psicológico que antecede ao pecado.

Na parte de psicologia, Kierkegaard demonstra que o demoníaco é a angústia diante do bem e que é hermeticamente fechado. Temos o paciente desesperado, que se refugia no hermetismo, e não sabe que a liberdade é sempre comunicante e não quer se abrir falando. Ele vai dizer: ” Deixa-me em paz na miséria em que estou”. Ele tem que lutar contra duas vontades: uma subordinada, que quer a revelação, e outra mais poderosa, que quer o hermetismo.

Aí entra a psicologia, que ensina que a linguagem e a palavra é justamente o que salva o paciente. A palavra tem sempre um poder libertador. Kierkegaard fala do poder diabólico do silêncio, quando o paciente se fecha e acha que seu problema não tem solução. É preciso comunicar a angústia ao próximo,ou seja, ao psicólogo que quer te ajudar. Como diz o Eclesiastes, ” para quem está na companhia dos vivos há esperança”.

O psicólogo tem de ouvir o paciente em seu desespero dizer: “talvez eu pudesse ter sido salvo em outra oportunidade”. Kierkegaard nesse ponto é profundo, pois o desespero sempre faz a pessoa pensar que é tarde demais para poder ser ajudada pelo próximo, e o que resta é apenas o temor em relação ao futuro. Essa ideia de que talvez já seja tarde demais para se mudar é o que leva muitos ao suicídio. Sempre é tempo para se dar o primeiro passo e tentar ser feliz de alguma maneira.

Para muitos pacientes que sofrem de depressão e outros trantornos mentais, principalmente os mais jovens, o hermetismo é uma armadilha mortal, quando por exemplo, sente medo de ser ridicularizado por sua doença e, principalmente, sente medo em relação ao futuro. O primeiro passo para se livrar dessa angústia e desse temor é se abrir com algum parente ou com o psicólogo. O diabólico é permanecer sofrendo em silêncio e acabar se desesperando. Creio que para quem conhece pessoas nessa situação, ler esse livro é importante.

Kierkegaard lembra que para o psicólogo, a verdadeira simpatia pelo paciente só nasce quando se confessa que o que atinge um pode atingir a todos.

Esse livro é muito bom para quem além de gostar de filosofia, também se interessar por psicologia.É fácil se identificar com o pensamento de Kierkegaard.

Comments

  1. adailton honrato says:

    A angústia acompanhará o ser humano,desde a tenra idade até o túmulo.

  2. Republicou isso em urjrj.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: