Resenha de Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental

Igreja Católica

 

A verdade sobre a história da Igreja e da Civilização Ocidental
Esse livro nos fala sobre tudo o que devemos à civilização católica da idade média. A preservação da cultura da antiguidade depois da queda de Roma, a fundação das escolas e a valorização por parte dos monges do trabalho manual, tão desprezado pelos pagãos da antiga Grécia e Roma. A contribuição dos monges cistercienses para a história da técnica foi muito grande. Foram eles que introduziram a mecanização da Europa, que nenhuma civilização havia conhecido até então. O capítulo sobre a Igreja e a ciência é muito bom. A passagem do livro da Sabedoria onde se diz que Deus “dispôs todas as coisas com medida, quantidade e peso” deu suporte aos cristãos que defendiam a racionalidade do universo, e também a criarem o início da ciência moderna, investindo em pesquisas quantitativas para entender o universo.Sobre a arte e arquitetura, a influência da Igreja foi decisiva, combatendo o iconoclastia do judaísmo e do islã e, também, no século XVI, o protestantismo, com sua desconfiança gnóstica em relação ao mundo material. Foi graças à filosofia escolástica que se criaram as magníficas catedrais góticas, com sua precisão geométrica e seus lindos vitrais, que demonstram o amor da idade média pela luz. O Renascimento foi também uma contribuição da civilização católica para a história da humanidade. O capítulo mais importante é o que fala sobre a criação das universidades. Foi a universidade que possibilitou o nascimento da ciência moderna e a revolução científica do século XVII. A conclusão do livro fala sobre um mundo sem Deus e sua filosofia anti-metafísica e seus efeitos sobre a arte. Temos a ausência de sentido e a desordem do mundo moderno, em que o Ocidente não chega sequer a ter filhos suficientes para garantir a continuidade das gerações. A filósofa francesa Simone Weil diz que não é católica ” mas considero os princípios cristãos-que têm suas raízes no pensamento grego e que, no transcorrer dos séculos, alimentaram todas as nossas civilizações européias-como algo a que uma pessoa não pode renunciar sem se aviltar”

Comments

  1. acoplador says:

    Reblogged this on " F I N I T U D E ".

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: