Resenha: Retrato do artista quando jovem, de James Joyce

James Joyce portrait

Stephen Dedalus diz à sua mãe que não poderá seguir a vocação de padre. Ele descobriu uma nova e grandiosa missão em sua vida: a de criar uma nova e poderosa mitologia para o povo irlandês. O romance autobiográfico de Joyce narra a infância de Dedalus ( máscara de Joyce), personagem que vai aparecer novamente em Ulisses. A vida do pequeno Dedalus é marcada pela religiosidade da mãe. Ela quer que o filho siga a carreira eclesiástica. Vários padres fazem parte da vida de Dedalus e vão moldando sua consciência. Seu pai era um homem de várias profissões. Joyce narra a vida escolar de Dedalus e seus amigos. O momento de virada na vida do personagem principal se dá no momento em que ele escuta um horrível sermão feito por um padre sobre o inferno que o deixa muito impressionado. Dedalus passa a viver como um carola seguindo à risca todos os jejuns e mandamentos da igreja católica. Nesse momento ele até se sente como um futuro padre. Com a sequência do romance, vemos o jovem Dedalus passar de uma fase religiosa para uma de sensualidade. Sente-se cada vez mais obcecado com a ideia da confissão. Ele então confessa a um padre todos os pecados sensuais que pratica. Abandona definitivamente a ideia de ser padre e passa a se interessar por ideias artísticas e  estéticas quando entra na universidade. O fato de ter estudado em uma escola católica o fez ter contato com o conceito estético de Santo Tomás de Aquino. Joyce será profundamente influenciado pela filosofia tomista. Dedalus, já antevendo a carreira artística diz que devemos compreender toda a amplitude e o limite da imaginação. Toda a futura criação estética de Dedalus(  Joyce) será uma aplicação da filosofia de Tomás de Aquino. A forma que Dedalus adotará em sua arte é a épica. Dedalus abandona a carreira de padre mas não a fé. Um amigo seu pergunta se tendo sua fé no catolicismo diminuído com o tempo, não seria melhor ele adotar o protestantismo? Dedalus responde que abandonar um absurdo que é lógico e coerente ( o catolicismo ) para adotar o protestantismo, que ilógico e incoerente, é algo irracional. Dedalus ( Joyce ) resolve então partir rumo a uma jornada épica, que irá dar origem ao grandioso romance Ulisses. Joyce fez neste pequeno romance – que também é considerado uma obra fundamental do século XX- uma espécie de análise de sua trajetória na juventude. As lembranças de sua família, da sua escola, do catolicismo e da filosofia da São Tomás o acompanharão durante toda a sua carreira. A genialidade e o senso estético de Joyce serão aprofundados nos quase indecifráveis Ulisses e Finnegans Wake.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: